Índios amazônicos contraem o vírus da gripe suína

Índios amazônicos contraem o vírus da gripe suína
agosto 21 11:45 2009

Foram apontados os primeiros casos de gripe suína entre os índios que habitam a Amazônia. Segundo nota publicada no site da Survival International, os médicos temem que a contaminação possa devastar a tribo Matsigenka, da Amazônia peruana, onde foram identificados sete casos da doença, de acordo com o Departamento Regional de Saúde da cidade de Cusco.gripe_suina

Os povos indígenas de todo o mundo têm maior vulnerabilidade à doenças como a gripe suína, pois possuem baixa imunidade, vivem na pobreza e apresentam altas taxas de doenças crônicas como a diabetes e problemas no coração. O antropólogo Dr. Glenn Shepard, estudioso da tribo Matsigenka, disse se preocupar com a chegada do vírus na aldeia, já que estes índios estão, constantemente, em contato com outros povos da região.

Segundo o diretor da Survival, Stephen Corry, os direitos dos índios devem ser respeitados. Além de sofrerem com madeireiras e caças ilegais, eles estão expostos a doenças transmitidas por fazendeiros e turistas. “Em tempos de uma pandemia global, é mais importante do que nunca que suas terras sejam reconhecidas e protegidas, antes que seja tarde demais”, disse Corry.

  Categorias: