Inpe discute melhoria de produtos e difusão da informação meteorológica

Inpe discute melhoria de produtos e difusão da informação meteorológica
novembro 09 14:06 2009

O Centro de Previsão do Tempo e Estudos Climáticos do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (CPTEC/Inpe/MCT) completa no mês de novembro o seu 15º aniversário. Para comemorar a data, foi preparada uma agenda de atividades científicas ao longo do mês com o objetivo de aumentar a interação com instituições parceiras e a sociedade.

Entre hoje e quarta-feira meteorologia(11), será realizada a I Oficina de Produtos de Tempo, Clima, Modelagem Numérica e Sensoriamento Remoto da Atmosfera. Durante o evento, instituições usuárias e geradoras de dados e produtos de meteorologia apresentam suas atividades, assinalando limitações e dificuldades em suas tarefas diárias, com o intuito de buscar soluções em conjunto, estimulando, desta forma, o intercâmbio de pesquisa e desenvolvimento de tecnologia.

Em paralelo à oficina, acontecerá o Encontro de Usuários de dados e produtos de monitoramento de Queimadas. As instituições participantes, usuárias e geradoras de dados de análise e de monitoramento de queimadas (entre elas Ibama, Corpo de Bombeiros, secretarias estaduais do meio ambiente, ONGs, etc), apresentam resultados de suas atividades.

Durante as apresentações, as instituições deverão apontar críticas em relação à obtenção e uso de dados, bem como sugestões para o aperfeiçoamento dos atuais sistemas e produtos, acessíveis no portal de monitoramento de queimadas do CPTEC/Inpe. Ao final do encontro, será realizado um debate, abordando as questões apontadas ao longo das apresentações e será gerado um documento síntese reunindo as principais conclusões do evento.

A agenda de atividades terá continuidade com a realização do I Workshop sobre Meteorologia Operacional e Defesa Civil, entre os dias 11 e 13 de novembro. Instituições públicas operacionais de meteorologia (federais e estaduais) e organismos de Defesa Civil discutem os atuais critérios e padrões de linguagem utilizados em avisos e alertas meteorológicos.

Busca-se uniformizar a linguagem utilizada por estas instituições, definindo consensualmente os termos mais adequados para discriminar os diferentes níveis das condições de tempo e clima, de acordo com sua intensidade e impacto sobre a sociedade. A proposta tem como objetivo aperfeiçoar os mecanismos de disseminação das informações meteorológicas, de forma a oferecer tempo hábil ao planejamento de ações emergenciais das entidades de Defesa Civil e maior agilidade no atendimento à população.

Mais informações sobre os eventos na página http://www7.cptec.inpe.br/~rwww/15anos/

  Categorias: