Instituições prestam serviços de atendimento e orientação na SNCT

Instituições prestam serviços de atendimento e orientação na SNCT
outubro 22 18:31 2011

Quase quarenta estandes de diversas instituições de ensino, empresas e organizações da sociedade civil estiveram expondo e oferecendo serviços durante a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT). O evento, que termina neste sábado (22), reuniu milhares de estudantes em atividades como palestras, mini-cursos, oficinas e atrações em torno de diversas áreas do conhecimento científico.

ManguezalO Laboratório de Manguezais (LAMA), da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), realizou durante a programação do evento o V EMANGUE – Encontro Maranhense de Educação Ambiental em Manguezais, com painéis, mostra de cinema socioambiental, banca literária, exposições, redes de relacionamento e performances educativas sobre manguezais, oceanografia e ciências do mar.

Este é o segundo ano que o Emangue acontece dentro da Semana de Ciência e Tecnologia, contando nesta edição com mais de 1.800 pessoas inscritas. Segundo a professora Flávia Mochel, que coordenou o Encontro, as expectativas foram superadas e alcançados os objetivos, como debater e conscientizar a sociedade sobre o dever de cada um na conservação dos manguezais, que faz parte do direito de todos a um ambiente ecologicamente equilibrado. “As pessoas puderam sair daqui sabendo que defender os manguezais é também defender nossa própria sobrevivência”, avaliou.

A Universidade Estadual do Maranhão (UEMA) esteve simulando um estúdio para demonstrar aos visitantes o trabalho d Núcleo de Tecnologias para a Educação (Uemanet), que há mais de dez anos articula, produz e difunde a distância projetos e experiências educacionais em todo o Maranhão, gratuitamente. Durante o evento, as pessoas puderam conhecer e compreender a educação a distância que é prestada pelo órgão no Estado, contando hoje com cerca de 7 mil alunos. “Foi possível esclarecer as pessoas sobre essa modalidade de ensino, que obtém bons resultados, incentivando e quebrando alguns mitos que ainda existem”, declara o assessor de comunicação, Adalberto Melo.StandBombeiro

O Corpo de Bombeiros recebeu muitos visitantes interessados em conhecer melhor o trabalho e entender a utilização dos equipamentos da corporação no combate a incêndios e salvamento veicular, de embarcações e de altura. “Aqui as pessoas podem entender que o trabalho do Corpo de Bombeiros não se limita a combater incêndios, conhecendo nossas outras atividades”, destaca o Aspirante Lisboa.

O estante da Cruz Vermelha Brasileira realizou até esta sexta-feira (21) mais de 800 atendimentos em testes de glicemia, aferição de pressão arterial, orientações e medições antropométricas e de peso e estatura. O estande também realizou palestras sobre planejamento familiar e doenças sexualmente transmissíveis, além de encaminhamentos médicos, a exemplo das 103 pessoas diagnosticadas com diabetes por meio do teste. “O trabalho teve um resultado muito positivo, porque pudemos conscientizar pessoas doentes e divulgar o trabalho da Cruz Vermelha”, avalia o assessor da entidade, Airton Petinelli.

  Categorias: