Mães pesquisadoras, parabéns pelo seu dia

Mães pesquisadoras, parabéns pelo seu dia
maio 07 02:09 2016

00mãe - CópiaÀs mães pesquisadoras da FAPEMA, nossa homenagem pelo desafio de fazer ciência, de produzir conhecimentos em meio à árdua e gratificante tarefa de SER MÃE! Esse não é um destino. É uma escolha. Escolha essa que não se faz sem renuncias, porém, sem negação de si mesma.
As mulheres assumem cada vez mais o desafio da maternidade e da maternagem sem abrir mão de seus desejos, sonhos e conquistas. Não há obviamente nenhuma incompatibilidade nessa relação, embora seja um desafio.
Desafio que se torna maior diante de visões patriarcais que imprimem unicamente às mulheres o cuidado do lar e dos filhos. Felizmente, muitos homens na condição de pais passam a compreender que filhos e filhas são do pai e da mãe. Em alguns casos, de dois pais ou de duas mães. Enfim, filhos (as) são partilhas de amor e cuidado de quem por eles (as) se responsabilizam.
Mas, sem dúvida, a arte de ser mãe é a arte de cuidar, proteger e amparar. Pensar o futuro prevê e prover.
Dessa forma, a arte da pesquisa, cabe tão bem às mães que se dedicam a esse oficio. O Oficio de produzir conhecimentos, de se inquietar diante da vida, de ir além. A arte de fazer vir à superfície o que está subsumido. Inquietar-se, sobretudo com os sofrimentos que podem ser amenizados com a descoberta de uma molécula ou com uma nova patente para a produção de medicamentos ou ainda com o inventário dos saberes e fazeres artesanais de comunidades tradicionais, bem como com as proposições de políticas públicas inclusivas para os diversos segmentos sociais.
Esses conhecimentos são produzidos por mulheres para a sociedade que é composta por mães da cultura erudita e da cultura popular. À mãe de todas as classes, raças, orientações sexuais, credos e crenças.
Nesse sentido, vale dizer que as mães pesquisadoras são construtoras de uma nova sociedade e de uma nova sociabilidade.
Temos como desafio maior: contribuir nessa nova sociabilidade para uma nova ordem mundial em que o respeito ao SER HUMANO seja a razão maior do FAZER CIÊNCIA!
FELIZ DIA DAS MÃES!

Silvane Magali Vale Nascimento

  Categorias: