MCTI apoiará cooperação Brasil-Alemanha na área de biogás

fevereiro 25 14:04 2014

O Projeto Brasil-Alemanha de Fomento ao Aproveitamento Energético do Biogás no Brasil (DKTI-Biogás) gerido pelo Ministério das Cidades e a pela Agência de Cooperação Internacional da Alemanha (GIZ, na sigla em alemão) agora terá o apoio do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI). A pasta entra para auxiliar e ampliar a iniciativa por meio do desenvolvimento tecnológico.

A ideia do governo federal para o programa é estender o fornecimento energético a partir do biogás em saneamento básico e para o setor agropecuário, trabalhando em duas áreas temáticas: águas residuais (esgoto) e resíduos sólidos.

“É um combustível que não prejudica a camada de ozônio e que permite ao País estabelecer uma política para o biogás com foco na sustentabilidade, reaproveitando água do esgoto e a matéria orgânica. Isso contribui não apenas para a questão ambiental, mas também para a matriz energética brasileira”, ressaltou o secretário de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação do MCTI, Álvaro Prata.

O secretário ainda explicou que a parceria deve colaborar para a troca de conhecimento, o estímulo ao desenvolvimento de tecnologia nacional, a capacitação de recursos humanos e, também, apoio técnico para a elaboração de plantas em instalações de tratamento de esgoto e resíduos.

O projeto conta com recursos de 10 milhões de euros. Nesta fase inicial, o capital será aportado pela GIZ. O acordo entre as nações foi acertado para até 2017.

  Categorias: