Mercado de carbono ainda é pequeno

Mercado de carbono ainda é pequeno
março 09 12:59 2010

Uma pesquisa realizada pela consultoria Point Carbon chegou à conclusão de que dificilmente veremos um grande mercado global de carbono em 2020, como já havia sido projetado por especialistas do setor. Porém, a pesquisa, que entrevistou 4800 especialistas e negociadores de 118 pmercado_carbonoaíses, também mostrou que a confiança segue grande nos mercados já existentes.

Também existe um ceticismo com relação à capacidade da ONU para estabelecer um acordo sobre mudanças climáticas com força legal na próxima Conferência do Clima no México em novembro. Apenas 37% dos entrevistados acreditam que o acordo seja alcançado, menos que os 59% que achavam ano passado que Copenhague traria o acordo.

A queda na confiança de que o mercado de carbono irá expandir como previsto fez com que os negociadores diminuíssem suas estimativas de preços para 2020 de US$ 35 a tonelada para US$ 31 a tonelada.

Os operadores já estão rotulando o ano de 2010 como o ano das incertezas ou então o ano ponte. Muitos fatores fundamentais para o crescimento do mercado de carbono deverão ser definidos nos próximos meses, como a posição final dos EUA e de outros países como a Austrália e o resultado das negociações climáticas na ONU. Em 2009 o mercado de carbono foi avaliado em US$ 136 bilhões.

  Categorias: