Neues Museum de Berlim reabre após 70 anos, com busto de rainha egípcia

Neues Museum de Berlim reabre após 70 anos, com busto de rainha egípcia
janeiro 12 13:31 2010

Destruído pelos bombardeios aliados na Segunda Guerra Mundial, o Neues Museum de Berlim volta a neues_museum_berlimabrir suas portas 70 anos depois, neste sábado (17). Totalmente renovado, tem como principal atração o célebre busto da rainha egípcia Nefertiti.

Situado na região leste de Berlim, na chamada “ilha dos museus” –declarada patrimônio da Humanidade–, o Neues Museum (Novo Museu, em tradução) vai expor cerca de 9 mil peças procedentes, em sua maioria, da Pré-História e das civilizações antigas.

Inaugurado em 1859, bombardeado na guerra e deixado em ruínas no período da Alemanha dividida, o museu foi totalmente reformado ao longo de seis anos, a um custo de 212 milhões de euros.

Uma importante coleção egípcia ocupa boa parte de seus 8 mil m2 de exposição. O busto de Nefertiti é alvo de uma demanda do Egito, que reclama sua devolução, considerando que a estátua foi tirada ilegalmente do país.

A célebre estátua também é alvo de uma polêmica sobre sua autenticidade, já que o historiador de arte Henri Stierlin afirma que foi fabricada em 1912 com o objetivo de fazer ensaios de policromia –emprego de muitas cores em mesmo trabalho.

As autoridades alemãs descartam essa hipótese, ignorando a polêmica.

  Categorias: