Pesquisa resgata produção intelectual do poeta Bandeira Tribuzi

Pesquisa resgata produção intelectual do poeta Bandeira Tribuzi
agosto 15 13:07 2016

bandeira-tribuzi-pesquisa“Ó minha cidade / Deixa-me viver / que eu quero aprender / tua poesia / sol e maresia / lendas e mistérios / luar das serestas / e o azul de teus dias”. Quem nunca ouviu o poema “Louvação a São Luís”, que se transformou no hino oficial da capital maranhense? O hino é de autoria do poeta Bandeira Tribuzi, apaixonado pela sua terra natal. Nascido José Tribuzi Pinheiro Gomes, foi também economista e jornalista de grande prestígio no Maranhão e precursor do modernismo literário no Maranhão.

 

Como legado, Bandeira Tribuzi deixou uma rica produção literária e jornalística, o que incentivou o pesquisador e professor do Departamento de Comunicação Social da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), José Ribamar Ferreira Junior, a realizar um resgate da memória do poeta por meio da digitalização de documentos disponibilizados por sua família, entre eles manuscritos e obras impressas.

 

“A necessidade surgiu do fato de os documentos [manuscritos, cartas, partituras e livros] estarem dispersos e sofrendo a ação do tempo. Tribuzi atuou em diversas áreas, tendo participação importante na condição de planejador econômico para administrações estaduais no Maranhão. Foi, ainda, um poeta de reconhecimento nacional, músico e jornalista engajado nas lutas políticas e sociais do nosso Estado”, explica o pesquisador, pós-doutor em Literatura Brasileira pela Universidade de São Paulo (USP).

 

De acordo com José Ribamar Ferreira Junior, a intenção, que foi alcançada, era organizador e disponibilizar o acervo que poderá servir de fonte para várias áreas do conhecimento: jornalismo, literatura, ciência política e economia. A digitalização do acervo está disponível por intermédio de um repositório no site da UFMA: https://bandeiratribuzi.ufma.br/jspui.

 

“Há de se ressaltar que, a partir de agora, os pesquisadores de diversos campos do conhecimento poderão acessar essas fontes de modo contínuo, impactando no que se sabe até hoje sobre esse importante intelectual maranhense. O maior benefício é para a área acadêmica, sobretudo para as áreas de Ciências Sociais e Humanas. Mas todo cidadão que tiver uma inquietação intelectual sobre a obra de Tribuzi terá maior facilidade para acessar seu conteúdo”, destaca o professor.

  Categorias: