Pesquisador captura morcego de 70 cm em Mato Grosso do Sul

Pesquisador captura morcego de 70 cm em Mato Grosso do Sul
abril 06 13:03 2010

MORCEGO_70_cmO pesquisador Maurício Silveira, da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, capturou, na fazenda Nhumirim, da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) Pantanal, em Corumbá (MS), um exemplar do morcego-fantasma-grande. Segundo a Embrapa, o morcego é um dos maiores das Américas. Com as asas abertas, o exemplar capturado chega a 70 cm envergadura.

A captura ocorreu no dia 20 de fevereiro e foi divulgada nesta segunda-feira (5). O animal coletado agora faz parte da Coleção de Vertebrados da Embrapa Pantanal, servindo como documentação da distribuição geográfica da espécie.

“Foi o primeiro exemplar capturado em Mato Grosso do Sul e o segundo no Pantanal. O primeiro registro ocorreu em 1955. É uma espécie que ocorre desde o sul do México até o centro da América do Sul, mas não é abundante em nenhum local. Por isso tem um grande valor científico de documentação”, diz ao G1 o pesquisador da Embrapa Walfrido Tomás, coordenador do projeto do qual Silveira faz parte.

Para Maurício Silveira, a presença do morcego na região de Corumbá pode ser um indicativo de boa qualidade ambiental, já que o animal vive, preferencialmente, em ambientes florestais.

  Categorias: