Prêmio Fapema 2009 consagra pesquisa e divulgação científica no Maranhão

Prêmio Fapema 2009 consagra pesquisa e divulgação científica no Maranhão
dezembro 10 21:00 2009

Pesquisadores mpremio_fapemaaranhenses receberam, na noite de ontem (09), o Prêmio Fapema 2009, a maior homenagem concedida aos produtores de ciência, tecnologia e inovação do Estado. A premiação é idealizada pelo Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Ciência e Tecnologia (SECTEC) e Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (FAPEMA).

Além do prêmio, os premiados e comunidade acadêmica ganharam outra manifestação de reconhecimento aos esforços pela pesquisa local. Falando em nome da governadora Roseana Sarney, o chefe da Casa Civil, João Abreu, anunciou que, no próximo ano, serão duplicados os investimentos em produção de ciência e tecnologia. “A governadora me incubiu de falar aos senhores que alavancar a pesquisa, que gera desenvolvimento, é prioridade em seu governo; por isso, será dado todo apoio para que os pesquisadores façam um bom trabalho pelo Maranhão”, enfatizou João Abreu, em seu discurso. 

Foram 14 vencedores, nas seguintes categorias: Pesquisador Júnior, Jovem Cientista, Talento Maranhense, Pesquisador Sênior, Jornalismo Científico, Inovação Tecnológica e DesenvolvimentoSELECIONADAPremio_Fapema_2009-Foto_08_Carlos_Netiar Humano. Representando os demais vencedores, o premiado na categoria Pesquisador Sênior, modalidade Ciências Biológicas, Médicas e da Saúde, Cláudio Urbano Bittencourt Pinheiro, destacou a satisfação de ter um trabalho reconhecido na própria terra. “Ser premiado em casa para mim é mais importante do que fora. Significa ser reconhecido pelo que se produziu que foi avaliado por pessoas que conhecem o Estado e que entendem o valor dessa contribuição”, ressaltou.

Em sua 5ª edição, o Prêmio Fapema fez reverência à personalidades importantes para a história da instituição. Receberam placas de homenagem os ex-presidentes João Fernando Ata de Oliveira Pantoja, Othon de Carvalho Bastos, Auro Tanaka, Edson Nascimento e Sofiane Labidi. Pelo apoio à pesquisa maranhense, também receberam placas de mérito os representantes da Alumar, Sebrae/MA e Fiema, além do secretário de planejamento e orçamento, Gastão Vieira.

Gastão Vieira advertiu quem estranhasse a presença de um político entre os homenageados, lembrando que foSelecionadaPremio_Fapema_2009-Foto_07_Carlos_Netiari autor da emenda contitucional que criou e regulamentou a Fapema. “Nós sempre batalhamos para que a pesquisa científica no Maranhão tivesse incentivos e fosse tratada com seriedade. Este ano, como secretário de Planejamento, posso afirmar com muita felicidade que a Fapema recebeu o seu maior recurso e isso é muito positivo para nós, maranhenses”, disse, em seu pronunciamento.

Refinaria Premium e o desenvolvimento do Maranhão

Em cada edição, é escolhido um tema de ampla relevância para se levantar uma discussão. Este ano, pela chegada da nova refinaria ao estado, foi definido como temática a “Refinaria Premium e o desenvolvimento do Maranhão”. O assunto ganhou corpo na fala da presidente da Fapema, Rosane Nassar Guerra, que acredita na necessidade de fundamentar a preparação do estado para receber grandes empreendimentos, com pesquisas científicas e inovações tenológicas.

Rosane Guerra lembrou que a conquista da autosuficiência brasileira em petróleo é fruto de investimentos em ciência e inovação. Elencando os números que demonstram o crescimento do fomento à pesquisa no Maranhão, a presidente destacou que “dos R$ 90 milhões do orçamento da Fapema, 90% resultam de captação”. “Por valorizar a ciência e a tecnologia, conseguimos ter um nível de excelência entre o número recorde de inscritos no Prêmio Fapema, o que certamente será revertido em desenvolvimento para o estado”, assegurou Rosane Guerra.

  Categorias: