Prêmio FAPEMA 2014: pesquisa maranhense é destaque no estudo da cristalização de vidros para odontologia

Prêmio FAPEMA 2014: pesquisa maranhense é destaque no estudo da cristalização de vidros para odontologia
dezembro 10 18:05 2014

Amini-pratos-de-vidroDevido à versatilidade quanto à composição química – são constituídos principalmente por sílica -, os vidros podem ser fabricados em diversos formatos e aplicados até em implantes ortodônticos e ortopédicos.

No entanto, eles são frágeis e maus condutores de calor e eletricidade, quando comparados, por exemplo, aos metais.

Com o controle desse processo de cristalização, o vidro de dissilicato de lítio (Li2O.2SiO2) tem sido amplamente utilizado para a fabricação de implantes dentários e materiais da indústria de segurança, tais como portas blindadas.

Uma pesquisa realizada pela professora Leyliane Everton Marques, do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão, comparou as energias de ativação para cristalização do vidro de dissilicato de lítio mediante as técnicas de MO e DSC.

“O resultado do estudo foi que, pela primeira vez, ficou demonstrado que tanto a energia de ativação quanto o mecanismo de cristalização de um mesmo vidro são fortemente influenciados pela história térmica e, consequentemente, pela técnica escolhida”, detalhou a pesquisadora.

Leyliane dos Santos é mestre em Engenharia de Materiais e, sob a orientação do professor doutor Aluísio Alves Cabral Júnior, conquistou o Prêmio FAPEMA 2014, na categoria Dissertação de Mestrado, área de Ciências Exatas e da Terra.

“Esse estudo pode contribuir para a formação de recursos humanos melhor qualificados e a inserção do Maranhão nas pesquisas sobre materiais vítreos realizadas em nível mundial”, declarou o orientador.

Intitulado “Influência do tamanho de partícula e da história térmica sobre a cinética de cristalização do vidro de dissilicato de lítio (ls2)”, a pesquisa já resultou na publicação de artigo para a “Journal of the American Ceramic Society”, revista científica de elevado fator de impacto na área de Engenharia de Materiais.

Também foi apresentado em congressos nacionais e internacionais, como o 1º Encontro Conjunto entre a Divisão de Vidros da Sociedade Americana de Cerâmica e a Sociedade Alemã de Vidros (1st Joint Meeting of DGG-ACerS GOMD), realizado em maio deste ano em Aachen, Alemanha.

  Categorias: