Prêmio Odebrecht para o Desenvolvimento Sustentável recebe inscrições até 06 de outubro

maio 16 11:51 2014

O projeto deverá conter os elementos de uma proposta de engenharia alternativa de solução tecnológica ou inovação que se mostre viável em sua execução, ou já com dados de testes ou de aplicação que demonstrem esta viabilidade.

A iniciativa tem como objetivo estimular a geração de conhecimento sobre temas relacionados à contribuição das engenharias, arquitetura e agronomia para o desenvolvimento sustentável, além de difundi-los junto na comunidade acadêmica brasileira e na sociedade.

Serão cinco trabalhos premiados com R$ 60 mil reais, sendo que o autor, ou grupo de autores, orientador e instituição de ensino ganham R$ 20 mil reais cada. Os estudantes autores dos projetos classificados também serão convidados a participar de processos seletivos para vagas nos negócios da Organização Odebrecht. Desde sua criação, o Prêmio já contou com mais de 450 projetos inscritos no Brasil e reconheceu um total de 30 trabalhos, concedendo R$ 1,8 milhão em premiações.

Na edição passada, o trabalho que conquistou a primeira colocação foi da Universidade Federal Semi-Árido – UFERSA (Mossoró/RN), que abordou o tema Criação de Tilápias com água de reuso após tratamento por osmose reversa.

A 6ª edição do prêmio também reconheceu projetos do Centro Universitário Dinâmica das Cataratas – UDC (Foz do Iguaçu – PR), Instituto Militar de Engenharia – IME (Rio de Janeiro – RJ), Universidade Federal da Bahia – UFBA (Salvador – BA), e Centro Universitário da FEI (São Bernardo do Campo – SP).

Para o diretor de sustentabilidade da Odebrecht, Sergio Leão, a Organização encara a inovação como requisito para a mudança rumo ao desenvolvimento sustentável. “A base para esta transformação está na motivação do jovem para pensar fora da caixa”, afirma o executivo. “A Odebrecht quer premiar a criatividade do jovem futuro profissional e sua contribuição para o desenvolvimento sustentável”, conclui Leão.

O Prêmio Odebrecht é uma iniciativa dos negócios da Organização. Além de ser realizado no Brasil, a premiação também é realizada em outros nove países: Angola, Argentina, Estados Unidos, Panamá, Peru, República Dominicana, Venezuela, Equador e Colômbia. Nos dez países, foi submetido em 2013 um total de 507 trabalhos. 

Mais informações para a imprensa:
Thais Rosa – thais.rosa@cdn.com.br – 11 3643-2717
Juliana Souza – juliana.souza@cdn.com.br – 11 3643-2724

  Categorias: