Presidente da Fapema visita Imperatriz para divulgação de editais de fomento à pesquisa

setembro 23 12:47 2009

Dando continuidade ao trabalho de interiorização das ações e de divulgação dos editais lançados pela Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (Fapema), a diretora presidente da Fundação, Rosane NaDSC03406ssar Meireles Guerra, esteve na úlitma quarta-feira (16) em Imperatriz, onde se reuniu com a comunidade científica local.

As reuniôes, tiveram como ponto alto a apresentação dos dez editais lançados no final de junho pelo governo do Estado, por meio da Fapema, e aconteceram no campus da Universidade Estadual do Maranhão – UEMA, na Universidade Federal do Maranhão – UFMA, e no campus do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão – IFMA.

Durante sua estada em Imperatriz, Rosane Guerra, a presidente da Fapema participou da abertura da Feira do Comércio e Indústria de Imperatriz (Fecoimp), uma das mais importantes ferramentas de estímulo ao desenvolvimento ao econômico da região.

A divulgação dos editais por todo Estado é uma iniciativa da Fapema, em concordância com a nova política de valorização do pesquisador maranhense do Governo, para que os interessados em apresentar projetos aproveitem todos os recursos que estão sendo disponibilizados pela Fundação.  Os recursos financeiros, que somam cerca de R$ 3,5 milhões, destinam-se ao financiamento de projetos de pesquisa cientifica e tecnológica em todas as áreas do conhecimento. Os editais já foram apresentados em São Luís, na Uema, Ufma, Ifma e Uniceuma; em Chapadinha e em Caxias.

“A governadora Roseana Sarney tem trabalhado no sentido de promover o desenvolvimento do Maranhão e para isso tem fomentado a pesquisa no Estado, disponibilizando mais investimentos para os pesquisadores maranhenses. A Fapema, em sintonia com a política da Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia, com o secretário Waldir Maranhão, tem buscado novas parcerias com o objetivo de garantir mais recursos para projetos de pesquisa e inovação”, conta Rosane Guerra.

  Categorias: