Primeiro satélite brasileiro completa 17 anos em operação

Primeiro satélite brasileiro completa 17 anos em operação
fevereiro 12 10:51 2010

Primeiro satélite projetado, construído e operado pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe/MCT), o Satélite de Coleta de Dados (SCD-1), foi lançado em 1993.Ele completou 17 anos em órbita na última terça-feira (09).

Quando lançado pelo foguete norte-americano Pegasus, a expectativa era de apenas um ano de vida útil. Contudo, o SCD-1 se mantém operacional e retransmitindo informações para a previsão do tempo e monitoramento das bacias hidrográficas, entre outras aplicações.

Osatelite_brasileiro_17anos lançamento do SCD-1 foi o início da operação do Sistema de Coleta de Dados Brasileiro, que consiste em uma rede de satélites em órbita baixa que retransmite as informações ambientais recebidas de um grande número de plataformas de coleta de dados espalhadas pelo território nacional.

Hoje, o Sistema de Coleta de Dados é composto pelos satélites SCD-1, SCD-2 (lançado em 1998), e Cbers-2B (2007), sendo que suas informações são distribuídas a diversas instituições no Brasil e no exterior.

O satélite capta e retransmite os sinais das plataformas para a estação de recepção e processamento do Inpe em Cuiabá (MT) e depois os dados são transmitidos para a unidade de Cachoeira Paulista (SP), onde ficam à disposição das empresas e instituições usuárias do sistema.

Os dados coletados pelo SCD-1 são utilizados em diversas aplicações, como previsão de tempo, estudos sobre correntes oceânicas, marés, química da atmosfera, planejamento agrícola, entre outras. Uma aplicação de grande relevância é o monitoramento das bacias hidrográficas, que fornecem dados fluviométricos e pluviométricos.

Os dados estão disponíveis no endereço: http://satelite.cptec.inpe.br/PCD/

  Categorias: