Professor da UFMA destaca apoio da Fapema à II Semana Acadêmica de Biologia

Professor da UFMA destaca apoio da Fapema à II Semana Acadêmica de Biologia
outubro 08 19:48 2009

 

“A Fapema tem agido com muita responsabilidade e compromisso, dando apoio a todas as ações, pesquisas e projetos de extensão realizados pelo curso de Biologia”, declarou o professor Regis Catarino da Hora, em discurso proferido durante a abertura da II Semana Acadêmica de Ciências Biológicas, realizada quarta-feira, 07, no auditório do Fórum de Justiça de Chapadinha. O encontro permitirá que estudantes e professores tenham acesso ao que há de mais atualizado em termos de pesquisas e conhecimentos no campo da biologia.semanabiolo

 A II Semana Acadêmica de Biologia acontece até o dia 09 (sexta-feira). O evento – que tem como tema “150 Anos da Teoria da Evolução e 200 Anos de Darwin: Em Busca do Sucesso Evolutivo” – é organizado pelo curso de Biologia do Centro de Ciências Agrárias e Ambientais (CCAA) da UFMA e tem o apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (Fapema).

 A solenidade contou com a presença do diretor do Centro de Ciências Agrárias e Ambientais (CCAA), professor Jocélio Araújo, do coordenador do Curso de Biologia, professor Cláudio Gonçalves da Silva; do coordenador do curso de Zootecnia, professor Marcos Bonfim; do representante do Instituto Chico Mendes, Bruno Gueiros, e do professor da Ufma de São Luís, Maurício Araújo Mendonça.

 Para o professor Jocélio Araújo, o sucesso do evento é resultado do esforço de todos os segmentos envolvidos na organização. “Esta semana acadêmica vem consolidar as ações conjuntas dos alunos e professores no sentido engrandecer a Ufma, especialmente o Campus de Chapadinha”, disse.  mauricios

 Já o professor Cláudio Silva aproveitou a oportunidade para fazer um balanço dos três anos de existência curso de Ciências Biológicas de Chapadinha. Segundo ele, o curso conta com uma equipe de professores altamente competente e qualificada, formada por mestres e doutores. “Atualmente 40% dos docentes do curso são doutores, mas em breve esse número vai aumentar para 70%”, ressaltou.

 

  Categorias: