Professor da UFMA tem projeto patenteado com apoio da FAPEMA

Professor da UFMA tem projeto patenteado com apoio da FAPEMA
novembro 17 17:52 2011

 

 

professorrA criação de um sistema de refrigeração para automóveis que climatiza e torna saudável o ar respirado pelas pessoas teve recentemente sua patente aprovada, depois de mais de dez anos de pesquisa e dedicação do professor da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), Cândido Justino Melo. O financiamento do projeto patenteado foi feito pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Maranhão (Fapema), pela Financiadora de Estudos e Projetos Banco do Nordeste (Finep), e com o apoio técnico da Universidade Federal do Maranhão, que disponibilizou oficinas e laboratórios necessários para desenvolvimento da pesquisa.

Ao todo, o professor/cientista coleciona mais de 10 patentes em processo de avaliação. O processo de estruturação de um novo sistema de climatização de ar em veículo automotivo envolveu alunos da graduação dos mais diferentes cursos. Ele passou pelas mãos de microbiologistas, físicos, químicos, desenhistas, designers que pensaram a melhor forma de construir um invento compacto, de baixo custo e mais eficiente que o ar condicionado comum, junto à intensa preocupação com a renovação e filtragem das impurezas, da temperatura e da umidade.

“O que as pessoas não sabem é que o uso do ar-condicionado ou ventilação acaba trazendo mais fumaça para dentro do carro do que com a janela do carro aberta. Com este sistema de refrigeração, o problema é sanado, porque o climatizador funciona como um nariz humano e retira do ar as impurezas, tais como o monóxido de carbono, que é absorvido em grande quantidade durante as viagens de automóvel”, afirma o professor Candido Justino Melo.

Histórico – Retirar as impurezas do ar por meio de um aparelho já havia sido experimentado por um invento criado anteriormente pelo mesmo cientista. O climatizador ambiental tinha a função parecida, climatizar e retirar as impurezas do ar. Ele foi instalado na Biblioteca Central da UFMA e na sala de obstetrícia do Hospital Universitário – Unidade Materno Infantil. “Foi um climatizador ambiental que serviu de moldes para o climatizador para autos, utilizando o mesmo processo, mas levando em conta novos princípios como o de não utilizar potência motriz, diminuição de emissão de poluentes, e utilização de filtros especiais desde a sua concepção”, explica.

Entenda como funciona – O ar entra no climatizador junto com microorganismos por meio de uma turbina. A criação deste sistema especial permite que, já dentro da unidade evaporadora do climatizador, o ar passe por dentro dos tubos de refrigeração e sofra um choque térmico que elimina microorganismos para devolvê-lo limpo.

“Esta patente é importante para o a Universidade e para o Maranhão. Isso nos anima, pois mede também a qualidade da UFMA na pesquisa e inovação. Agora mesmo, a transferência de conhecimento vai poder ser feita de forma mais fácil, pela da patente, que é uma grande conquista”, conta a professora do Departamento de Tecnologia Química, doutora Maria da Glória Almeida Bandeira, que realizou a análise microbiológica do invento.

Os protótipos, tanto do climatizador para autos quanto do climatizador ambiental, podem ser encontrados no Núcleo de Inovação e Tecnologia, que fica no prédio da Biblioteca Central da UFMA (CEB Velho), no Campus do Bacanga.

 

 

  Categorias: