Programa de Incentivo à Inovação é debatido durante encontro

Programa de Incentivo à Inovação  é debatido durante encontro
outubro 29 19:06 2010

Fomentar a cultura de inovação, convertendo o conhecimento em desenvolvimento, ampliando a rede de relacionamento da universidade com a sociedade e o mercado. Assim pode ser definido o Programa de Incentivo à Inovação (PPI), tema da palestra proferida pelo Diretor do Centro Tecnológico de Viçosa (CENTEV/UFV), Robson Zuccolotto, durante o II Encontro Maranhense de Inovação.

 

A palestra foi coordenada pela assessora da Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior de Minas G29-10-10erais, Solange Cristina Busek, que responde pelo PII no estado mineiro. Segundo ela, o programa também visa fazer com que os pesquisadores que desenvolvam tecnologias com potencial de aplicação no mercado a fim de oportunizar transferências de tecnologias ou de gerar de empresas (spin-off). “Esperamos que as tecnologias desenvolvidas e subsidiadas pelo projeto resultem em benefícios para a sociedade e em novos conhecimentos para a comunidade acadêmica”, informa Busek.

 

Por enquanto, o PII encontra-se apenas no Estado de Minas Gerais, mas os idealizadores têm realizados palestras por todo o Brasil no sentido de disseminar informações e casos de sucesso do programa. “Já realizamos vários debates país afora, para sensibilizar pesquisadores e empresários sobre a importância do programa”, afirma Solange Busek.

 

O Encontro Maranhense de Inovação é promovido pela Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (Fapema), que tem trabalhando em conjunto com a Fiema, Sebrae, Ufma, Uema, Ifma e Uniceuma com o intuito de disseminar a cultura da inovação nas empresas.

 

  Categorias: