Programas de pós-graduação do MA têm conceito elevado em avaliação da Capes

Programas de pós-graduação do MA têm conceito elevado em avaliação da Capes
setembro 21 18:51 2010

A avaliação trienal (2007-2010) da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior – Capes, divulgada semana passada, demonstra um crescimento quantitativo e qualitativo dos cursos de pós-graduação no país. No Maranhão, o programa que obteve melhor conceito foi o de Políticas Publicas da Universidade Federal do Maranhão (Ufma), que obteve nota 6, desempenho equivalente  “ao alto padrão internacional”. Destaque também para o programa de Agroecologia da Universidade Estadual do Maranhão (Uema), que teve nota 4.

Em todo país foram avaliados 2.718 programas de pós-graduação que correspondem a 4.099 cursos sendo 2.436 de mestrado, 1.420 doutorados e 243 mestrados profissionais. A avaliação leva em conta o corpo docente, a proposta pedagógica e a produção científica. “Ficamos muito felizes com o desempenho dos programas de pós-graduação do Estado. Tivemos quatro cursos com nota maior na avaliação deste triênio, o que é um número muito representativo, considerando que apenas 19% de todos os cursos do Brasil tiveram seus conceitos mais elevado” destaca a diretora presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão, Rosane Nassar Meireles Guerra. 

Para cada programa são atribuídas notas em uma escala de 1 a 7. Os que são classificados com 1 ou 2 são descredenciados. A nota 3 significa um desempenho regular, a 4 é considerada como bom resultado e a 5 é atribuída ao programa que atinge “muito bom nível”. As notas 6 e 7 indicam desempenho equivalente “ao alto padrão internacional”.

Entre os 2.718 programas avaliados, 10% atingiram notas inferiores às registradas em 2007, 71% mantiveram o desempenho e 19% melhoraram o resultado. Além de encerrar a oferta em cursos com resultados insatisfatórios, a avaliação serve ainda para orientar o financiamento e a distribuição de bolsas de estudo nos cursos.

profozaniraA coordenadora do programa de pós-graduação em Políticas Públicas da Ufma, professora doutora Maria Ozanira da Silva, observa que a nota 6 significa que o programa está entre os 10,9% melhores cursos avaliados no Brasil. “Isso tem um significado muito grande, porque a nota 6 e 7 significa que o programa foi além de muito bom. Um programa para obter a nota 5, que era inclusive a que tínhamos anteriormente, tem que obter conceito muito bom nos cinco quesitos que são avaliados pela Capes”, enfatizou.

Os quesitos avaliados pela Capes são: proposta do programa, corpo docente, corpo discente, produção intelectual e inserção social do programa. “Os programas com nota 6 e 7 têm um destaque muito grande, sobretudo, na produção bibliográfica. O nosso programa teve o dobro da média de todos os programas da área em termo de produção bibliográfica bem qualificada”, conta Ozanira.  O programa, que oferece curso em nível de mestrado e doutorado já teve defendidas 106 dissertações mestrado e 35 teses de doutorado. Atualmente existem 33 alunos matriculados no curso de mestrado e 31 no de doutorado.

Entre os cursos que tiveram o conceito elevado na avaliação da Capes estão ainda o de Física e e de Ciências Sociais da Ufma, que tinham nota 3 e agora receberam nota 4, e o de Agroecologia da Uema, que também  tinha nota 3 e agora passou para 4.

“Esse conceito é resultado do esforço conjunto de professores e alunos do curso e é um marco para nós. Ele abre a possibilidade da criação de um curso de doutorado, uma vez que mostra também o amadurecimento do corpo docente e discente do programa”, disse a coordenadora do programa da Uema, professora doutora Antônia Alice Castro Rodrigues.  

  Categorias: