Projeto leva educação e prevenção em saúde para crianças do bairro da Ilhinha

Projeto leva educação e prevenção em saúde para crianças do bairro da Ilhinha
outubro 07 17:00 2014

ilhinha12Um projeto apoiado pela FAPEMA está ajudando a prevenir doenças e promover a saúde de crianças e adolescentes da comunidade da Ilhinha e bairros próximos. Por meio de palestras educativas, os alunos recebem orientações sobre higiene e saúde, dengue, doenças sexualmente transmissíveis (DSTs), primeiros socorros, gravidez na adolescência e métodos contraceptivos.

Desenvolvido pela Universidade Federal do Maranhão – UFMA, em parceria com a Associação “Obras Sociais Frei Antonio Sinibaldi”, o projeto teve início há quatro anos no bairro Ilhinha. Recentemente, as atividades educativas foram estendidas para os centros comunitários Nossa Senhora das Graças, São José, Santo Antônio e Santa Luzia, localizados no bairro do São Francisco.

A equipe participante é composta por 12 alunos do curso de medicina da UFMA, sob a coordenação da professora Dra. Ana Paula Azevedo e apoio de uma equipe multidisciplinar que atua em Obras Sociais, coordenada pela senhora Maria Lenir Soares. São eles que planejam as dinâmicas e abordagens das temáticas.

O público-alvo é formado por 240 adolescentes de 12 a 16 anos de oito comunidades do entorno do bairro São Francisco, área de abrangência da Paróquia de São Francisco.

De acordo com a professora Ana Paula Azevedo, o projeto “Educação e Prevenção em Saúde no Bairro da Ilhinha” tem despertado uma consciência nas crianças e adolescentes, verificada pelo envolvimento deles com o projeto, pela participação nas atividades e também por meio dos relatos dados pelos pais e professores.

“A realização do projeto tem sido gratificante e construtiva tanto para os integrantes da comunidade como para nós da universidade. Observar o amadurecimento dos alunos e colaborar não só com sua formação técnica, mas também social, além de trazer um retorno à comunidade dos conhecimentos obtidos na Universidade são os nossos objetivos”, explicou Ana Paula.

Apoio

Recentemente, com o apoio da FAPEMA através do Edital AEXT, foram adquiridos diversos materiais lúdicos e pedagógicos (modelo de tronco humano feminino e masculino, planetário, microscópio com lâminas, árvore pedagógica, ábaco, fantoches, globo, entre outros).

Segundo a professora Ana Paula, o objetivo é melhorar as dinâmicas trabalhadas no projeto e deixar esse material na instituição para que fortaleça o trabalho desenvolvido nas Obras Sociais.“Esse apoio da FAPEMA foi relevante por possibilitar a aquisição de materiais que melhoraram as dinâmicas e as deixaram mais atrativas e participativas. Isso motivou a equipe de trabalho e tornou mais eficientes as abordagens realizadas com o grupo”, declarou.

  Categorias: