Projetos desenvolvidos em instituições de ensino e empresas são apresentados durante a SNCT

Projetos desenvolvidos em instituições de ensino e empresas são apresentados durante a SNCT
outubro 17 17:11 2012

 

sitElenilde Saraiva, artesã do município da Raposa, cortava uma garrafa peti, um pouco de cola e brilho por cima, logo se transformou em uma bela pulseira que se juntou aos demais acessórios femininos como brincos, cordões, pingentes e brincos confeccionados no curso do Senac. A satisfação no olhar de Elenilde era pela descoberta de que poderá a partir de agora contribuir para preservação do meio ambiente. “Eu moro em uma área que tem muita garrafa peti jogada no lixo e agora eu posso transformá-las em algo que vai dá beleza para outra pessoa”,disse.

 Tudo haver com o tema “Economia verde, sustentabilidade e erradicação da pobreza”da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia-SNCT promovida pelo Ministério da Ciência e Tecnologia e coordenada pela Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior-SECTEC e Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão-FAPEMA movimenta a capital maranhense.

Instalada na área externa do São Luis Shopping, a SNCT apresenta projetos, programas e ações desenvolvidos em instituições de ensino superior e órgãos do governo do estado. Uma cidade de conhecimentos e descobertas que fez a estudante Adriana Martins, de 15 anos, surpresa com a bioarquitetura e as técnicas do “teto verde” apresentadas no stand da Florence. O aproveitamento de matérias do meio ambiente na construção civil, como tijolos feitos com óleo de peixe, sangue de boi e adubo e aproveitamento do telhado para cultivo de gramas, jardinagem ou plantas de pequeno porte.“È bom saber que a gente pode utilizar melhor os espaços de nossas casas contribuindo para melhoria da qualidade de vida de todos. Fiquei surpresa”, declarou Adriana Silva.

Atendimento na área de saúde- Orientações sobre saúde também fazem parte da Semana com a prevenção de doenças. Outro serviço disponibilizado até a sexta-feira no período da manhã e tarde, no stand da Cruz Vermelha, é atualização do calendário de vacinação para adultos. Quem passou por lá pode escolher entre vacinas como H1N1, Tétano, febre amarela, dupla viral, Tríplice, hepatites entre outras. A estudante Iandejara Marinho, 23 anos, aproveitou a oportunidade e colocou o cartão de vacinação em dias. “Esse evento permite uma interação, um encontro entre os universitários e os estudantes do ensino médio onde acontece uma troca rica de informações. Além de tudo isso ainda temos serviços como este de colocar vacinação em dia para quem não tem tempo como eu, ou seja, bom demais. Parabéns pela iniciativa”, observou a universitária.

Decoração é um item que também chama atenção de quem visita o local. Deixar a casa mais bonita com vasos com flores feitos a partir da reutilização de caixas de leite estão disponíveis no stand da Secretaria de Estado de Meio Ambiente-SEMA.Idéias como estantes coloridas feitas com reaproveitamento de caixotes de feiras ou pneus velhos de carros ou tratores revestidos com tecidos transformados em lindos pufs ou ornamentos com flores enfeitam ambientes em residências. A universitária Vanessa Torres ficou encantada com as descobertas. “ Idéias inteligentes que vão deixar nossa casa mais bonita e nossa consciência mais tranquila em relação a preservação do meio ambiente. Vamos fazer nossa parte”, disse.

Na parte cultural encerrando o dia, junto com o pôr-do-sol veio toda a brasilidade do chorinho com o Grupo Instrumental Pixinguinha, da Escola de Música Lilah Lisboa. O ambiente se encheu ao som de clássicos como Língua de preto, Cheguei, doce de cocô e também composições de músicos maranhenses.Durante toda a semana mais atrações irão subir ao palco da SNCT, entre elas o Marabrás, grupo de teatro, grupo de bumba-meu-boi, tambor de crioula, shows de músicos maranhenses e no sábado encerramento com Sálvio Araújo e sax e piano.

 

  Categorias: