Projetos para inclusão social de catadores de materiais recicláveis terão apoio do CNPq

Projetos para inclusão social de catadores de materiais recicláveis terão apoio do CNPq
setembro 29 11:29 2009

O Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq/MCT) e o Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FNDCT) Ação Transversal lançaram ontem (28) Edital para selecionar propostas que envolvam ações de capacitação, pesquisas tecnológicas e de inovação que desenvolvam Arranjos Produtivos Locais (APLs) nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste e a ampliação das atividades de fomento iniciadas no Edital 39/2008.

Serão dois temas: Capacitação, que engloba propostas de elaboração e aplicação de cursos de curta duração para a mão de obra envolvida em APLs. O objetivo é reduzir os gargalos existentes por meio de cursos com no máximo 24 horas. Os cursos deverão ser presenciais e oferecerão conteúdos como sistema de inovação, gestão e liderança, noções de legislações, comercialização de produtos, análise de mercados, estratégias de transferência tecnológica, entre outros ligados diretamente ao tema.

O segundo tema seleciona projetos que promovam a interação de instituições de pesquisas e pesquisadores com as empresas integrantes dos APLs. A intenção é solucionar os gargalos tecnológicos ao desenvolvimento e consolidação dos arranjos. Os temas devem estar relacionados a questões como redução de custos, noções de legislaçõmateriais_reciclaveises, questões de comercialização, estabelecimento de marcas, melhoria e agregação de valor aos produtos, redução de impactos ambientais e implementação de sistemas e parcerias para a certificação de produtos.

As propostas do tema um terão valor máximo financiável de R$ 35 mil e do tema dois de R$ 200 mil. Os projetos aprovados serão custeados com recurso global estimado em R$ 3 milhões, oriundo do FNDCT/Fundos Setoriais/Ação Transversal . O proponente deve possuir currículo cadastrado na Plataforma Lattes e no mínimo titulação de mestre, caso da primeira temática, ou doutor, segunda temática.

As inscrições serão realizadas exclusivamente por meio do Formulário de Propostas Online , disponível na Plataforma Carlos Chagas http://www.carloschagas.cnpq.br/ ) , até o dia 11 de novembro. A divulgação dos resultados no Diário Oficial da União e na página do CNPq está prevista para acontecer em 30 de novembro deste ano.

Para saber mais consulte o Edital: http://www.cnpq.br/editais/ct/2009/031.htm.

Edital incentiva agroecologia para promover a inclusão social de catadores

Lançado também hoje (28) pelo CNPq o E dital para a seleção pública de projetos de pesquisa, desenvolvimento e extensão tecnológica para promover a inclusão social de catadores de materiais recicláveis e de tecnologias sociais voltadas à agroecologia. A intenção é apoiar a execução de projetos de desenvolvimento e extensão tecnológica que promovam a inclusão social, por meio da melhoria das condições socioeconômicas da população brasileira.

As propostas aprovadas serão financiadas com valor estimado em R$ 6 milhões, vindos do Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico ( FNDCT ), sendo que 30% dos recursos serão destinados a projetos coordenados por pesquisadores vinculados a instituições sediadas nas regiões Norte, Nordeste ou Centro-Oeste.

As propostas voltadas para a inclusão social de catadores de materiais recicláveis pertencem a linha um e devem enquadrar-se nas seguintes séries de ações: inovação tecnológica para incremento da produtividade na cadeia de recicláveis; tecnologias de gestão; melhoria das condições de trabalho dos catadores; segurança alimentar e nutricional dos catadores de materiais recicláveis.

Já os projetos que busquem p romover a pesquisa, o desenvolvimento e a extensão de tecnologias convencionais e de tecnologias sociais no aproveitamento de resíduos sólidos urbanos e resíduos agroindustriais se enquadram na linha dois. Devem pesquisar os processos de implementação para produção, tais como: substituição de insumos convencionais por insumos e práticas de manejo de resíduos ecologicamente sustentáveis; redesenho de agroecossistemas com espécies nativas; fontes alternativas de energia; uso e formas alternativas de água; planejamento espacial das unidades produtivas familiares. Ou ainda p rodução, transformação, comercialização e consumo de produtos orgânicos/ecológicos.

Cada projeto terá financiamento de até R$ 100 mil e deve possuir prazo máximo de execução estabelecido em dois anos. Os pesquisadores doutores interessados devem encaminhar suas propostas ao CNPq exclusivamente via Internet, por meio do Formulário de Propostas Online, disponível na Plataforma Carlos Chagas ( http://www.carloschagas.cnpq.br/ ) , até o dia 11 de Novembro.

Para mais informações consulte o Edital: http://www.cnpq.br/editais/ct/2009/029.htm.

  Categorias: