Recursos da Fapema podem ser destinados a projetos de artes, afirma presidente

Recursos da Fapema podem ser destinados a projetos de artes, afirma presidente
outubro 23 19:47 2009

A arte também teve espaço na Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT). Para discutir de que forma as manifestações artísticas interagem com a produção científica, foi realizado um seminário como parte da programação da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT) no Campus Centro Histórico, do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFMA), que contou com a participação da diretora presidente da Fapema, Rosane Nassar Guerra.

 

Voltado à arte, turismo, lazer e hospitalidade, o Campus Centro Histórico trabalha com a ideiaDSC04065 de que essas áreas abrigam atividades de pesquisa. Em sua apresentação, Rosane Guerra mostrou como a Fapema pode contribuir para a disponibilização de recursos aos projetos a serem desenvolvidos pelos alunos e professores, destacando as modalidades de bolsas e auxílios.  

 

No programa de Iniciação Científica Júnior, que contempla estudantes do ensino médio ou técnico, a Fundação concede bolsas de R$ 100,00, seguindo o valor estabelecido pelas agências de fomento nacionais. “O edital para esse programa será aberto no próximo mês”, adiantou a presidente.

“Volto a insistir na convicção de que sem pesquisa não há desenvolvimento científico, assim como não se cresce social e economicamente sem ciência”, afirmou Guerra.  

Incentivo à arte

 “O artista é um pesquisador, porque estuda materiais, área de atuação e contexto; ele não vive só de inspiração”, defendeu a coordenadora do seminário, Luciene Antônio. Está em estudo pela equipe da Fapema a criação de um Núcleo de Inovação Tecnológica no Campus Centro Histórico do IFMA.

 

Como referência de apoio a artistas, Rosane Guerra citou o trabalho do fotógrafo Márcio Vasconcelos, que está em exibição no stand da Fapema na SNCT, instalado na Praia Grande. Intitulada “Lepidópteros do Maranhão”, a exposição de Vasconcelos reúne fotografias da Coleção Zoológica do Maranhão do professor Francisco Limeira de Oliveira, de Caxias.

 

  Categorias: