Resultado do edital da REDEBIO começa a ser divulgado a partir do dia 09 de outubro

Resultado do edital da REDEBIO começa a ser divulgado a partir do dia 09 de outubro
setembro 18 14:46 2009

A partir do dia 09 de outubro começa a ser divulgado, nos Diários Oficiais dos estados partícipes e das FAPs, o resultado do editalredebio da REDEBIO. Fazem parte da rede os estados do Maranhão, Pará, Amazonas, Acre e Tocantins. A contratação dos projetos selecionados começa a partir do dia 20 do mesmo mês, conforme o cronograma de programação do edital 015/2009- REDEBIO.

A REDEBIO foi criada com o objetivo de estabelecer ações de cooperação entre as Fundações de Amparo à Pesquisa dos estados do Maranhão, Amazonas e Acre e da secretaria de C&T do Tocantins (SECT/TO), para implantação da rede de pesquisa inter-regional e interdisciplinar em biocosméticos, fortalecendo cadeias extrativistas da região, melhorando os sistemas produtivos e apoiando comunidades para alcançar melhores níveis de sustentabilidade dessas comunidades.

Objetivos Específicos

a) Desenvolver pesquisas científicas, tecnológicas e de inovação, aplicadas em cadeias produtivas com maior potencial de acesso aos mercados nacional e internacional;

b) Apoiar a implantação e melhoria de laboratórios focados em produtos para fins biocosméticos;

c) Promover a melhoria e inovação tecnológica em produtos e processos de produção de biocosméticos;

d) Desenvolver pesquisas voltadas para análises de viabilidade econômica, a fim de apoiar empresas que desejam expandir mercado na região;

e) Promover a cooperação de grupos de pesquisa com empresas do setor; e

f) Iniciar um processo de criação de clusters produtivos, no segmento de biocosméticos, envolvendo diferentes entidades de apoio, como Senai, Sebrae, etc.

DIRETRIZES

O Programa de constituição da REDEBIO possui as seguintes diretrizes:

a) Responder as necessidades em termos de P&D&I em biocosméticos, nos estados-membros da Rede;

b) Constituir, de forma articulada, projetos interregionais e interdisciplinares;

c) Estabelecer parcerias com programas de pós-graduação, de forma a fortalecer a qualificação de recursos humanos em diferentes níveis;

d) Fortalecer a constituição de projetos em rede por meio de associações e parcerias de grupos de pesquisas dos diferentes Estados; e

e) Buscar sinergia entre as ações e evitar duplicidade de esforços para o desenvolvimento de um mesmo projeto.

TEMAS DE INTERESSE DA REDE

• Desenvolvimento de sistemas agroecológicos voltadas a produção de insumos das cadeias produtivas de cosméticos;

• Agregação de tecnologia aos processos extrativos nas comunidades de origem;

• Substituição de commodities;

• Desenvolvimento tecnológico e aproveitamento de resíduos no processamento dos insumos;

• Avaliação sazonal da composição química de óleos e extratos;

• Padronização dos processos de extração e estabilização de extratos e óleos regionais;

• Melhoramento de preparações e delineamento de formulações cosméticas;

• Desenvolvimento das cadeias produtivas locais para inserção nos mercados de cosméticos;

• Estudos para certificação de insumos e produtos;

• Inserção de produtos nos mercados local, regional, nacional e internacional, e

• Design de produtos biocosméticos amazônicos.

 

  Categorias: