SBPC: biografia de personalidade luso-maranhense é reconstruída por pesquisadores

SBPC: biografia de personalidade luso-maranhense é reconstruída por pesquisadores
julho 14 21:27 2011

marcelo-cheche-2Em 1810, chega ao Maranhão o advogado português Manoel Paixão dos Santos Zacheo, que se autodenominava o Epaminondas Americano, em alusão ao general grego de mesmo nome, conhecido por seu hábito de nunca mentir. Alguns anos depois, em 1825, Zacheo elabora uma proposta de código penal e civil e encaminha ao imperador Dom Pedro I, antes mesmo da aprovação do primeiro Código Civil do Brasil, aprovado somente em 1930.

Apesar de sua importância na então Província, o personagem não ficou conhecido na história do Maranhão. Mas sua biografia foi reconstruída pelos pesquisadores Marcelo Cheche Galves e Yure Costa, da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA). A obra “O Epaminondas Americano: trajetórias de um advogado português na Província do Maranhão” foi lançada, nesta quinta-feira (14), no stand da Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (FAPEMA), montado na 63ª Reunião Anual da SBPC, em Goiânia/GO.

O interesse em conhecer melhor esse personagem surgiu por acaso. Marcelo Galves buscava material para sua pesquisa de doutorado no Arquivo Nacional do Rio de janeiro quando encontrou sete folhetos publicados pelo advogado. “Fiz um trabalho inicial com os escritos. Seis deles foram impressos em Lisboa e um em Sãon Luís. Comecei então a aprofundar a pesquisa, para saber quem era e como chegou ao Maranhão”, explica o pesquisador.

O Epaminondas Americano foi um dos primeiros cidadãos do novo Estado a propor um ordenamento jurídido, com um documento de 96 páginas, reproduzido integralmente na obra lançada na SBPC. Nesse documento, segundo Marcelo Galves, o advogado faz uma crítica à situação política e apresenta propostas de organização da Província. “O trabalho é recuperar o passado e inventar uma narrativa sobre essa personalidade, alguém de quem nem ao menos se conhece o rosto”, enfatizou o pesquisador.

Marcelo Galves e Yure Costa organizaram, também, o livro “Maranhão: ensaios de biografia e história”, que resgata a biografia de personalidades bastante populares, como Gonçalves Dias e Ana Jansen. A obra, entretanto, abre espaço para a apresentação de outras personagens importantes da história maranhense, mas até então desconhecidas; são vinte artigos de vinte dessas personalidades.

marcelo-cheche-e-natalinomarcelo-cheche-3

O lançamento na SBPC contou com a presença da diretora presidente da FAPEMA, Rosane Nassar Meireles Guerra, e o reitor da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), Natalino Salgado. A publicação será lançada em Portugal, na cidade de Guarda, onde nasceu o Epaminondas Americano, no dia 12 de setembro. No evento, os autores apresentarão a palestra “As províncias do Norte e a Independência do Brasil”.

  Categorias: