Secretária Rosane Guerra entrega minuta de Plano de Ciência e Tecnologia da Região Nordeste

Secretária Rosane Guerra entrega minuta de Plano de Ciência e Tecnologia da Região Nordeste
novembro 13 13:16 2012

 

rosaneA Secretária de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Rosane Nassar Meireles Guerra, entregou, na manhã desta segunda-feira (12), ao secretário executivo do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, Luís Antônio Elias, o termo de referência para a elaboração do Plano de Ação em Ciência, Tecnologia e Inovação (C,T&I) para o desenvolvimento da região Nordeste. O documento, que segue o exemplo do plano de CT&I da Amazônia Brasileira, foi entregue durante o Fórum Nacional dos Conselhos Nacionais de Secretários para Assuntos de CT&I (Consecti) e do Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap).

O plano apresentará estratégias para o desenvolvimento científico da região, levando em consideração as principais questões específicas da área da ciência no Nordeste, como, por exemplo, a fixação de pesquisadores na região e a transformação de conhecimento em renda. Segundo a secretária, esse é um grande passo para diminuir, através do conhecimento científico, as assimetrias regionais e nacionais. “Esse é um plano de desenvolvimento para o Nordeste, uma vez que, quando se pensa em dotar essa região de uma competência científica e tecnológica, isso também significa dizer que se está estimulando o desenvolvimento regional”, declara.

O Fórum, que este ano é sediado no Amapá, e tem como objetivo discutir as políticas públicas voltadas para CT&I com foco no desenvolvimento sustentável do Brasil, começou nesta segunda e vai até amanhã, 13. Entre os assuntos discutidos pelas diversas autoridades e especialistas presentes, está a inclusão da área de CT&I como beneficiária na distribuição dos royalties do petróleo explorado no Brasil, o volume de investimentos direcionados ao setor no país e a elaboração do Código Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação, todos apontados pelo presidente da Confap, Mário Neto Borges, como cruciais para se ganhar agilidade na Ciência e Tecnologia brasileira.

MA também integra o Plano da Região Norte – Desde a semana passada, a secretária cumpre agenda fora do Maranhão para envolver o Estado nas discussões nacionais acerca da melhoria dos indicadores de C,T&I. Na última quarta-feira, 07, participou em Brasília de reunião entre o Consecti e o Confap com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), que tratou da consolidação do Plano de Ciência, Tecnologia e Inovação da Região Norte, do qual fazem parte os estados da Amazônia Legal.

Durante a reunião, os representantes do BID reafirmaram o desejo da instituição em construir estratégias de desenvolvimento para a região Norte sob o viés da C,T&I, atuando como uma fonte de recursos para investimentos em ações inclinadas a um maior impacto social em parceria com estados e municípios. “Entre os projetos que poderão ser beneficiados com os investimentos financeiros do BID está o Plano Norte de CT&I, que tem como objetivo transformar a região em um pólo de desenvolvimento de economia sustentável, e a SECTEC certamente estará entre uma das mais atuantes nesse projeto”, ressaltou a secretária Rosane Guerra.

Outro fator abordado na reunião foi o papel estratégico das Secretarias de Estado de C,T&I e das Fundações de Amparo à Pesquisa dos estados da região Norte. Também foi explicado pelo presidente do CONSECTI, Odenildo Sena, a necessidade da criação de políticas públicas na Amazônia para a área de ciência, baseadas nos estudos já existentes e apropriados para o estabelecimento de direções estratégicas na região, cujos últimos grandes investimentos foram a Rodovia Transamazônica, a Zona Franca de Manaus e a usina Hidrelétrica de Tucuruí.

 

  Categorias: