UFMA lança Revista Pós Ciências Sociais

UFMA lança Revista Pós Ciências Sociais
março 30 13:17 2012

DSC00029_1Aconteceu nesta quinta-feira (29) o lançamento da Revista Pós Ciências Sociais, no Auditório Mário Meireles, no Centro de Ciências Humanas (CCH), da Universidade Federal do Maranhão (UFMA).

O projeto, que já está em sua 16ª edição, traz, desde o número 12, um dossiê temático. Desta vez, o assunto abordado foram as Religiões Afro-americanas, por meio de sete artigos produzidos a partir das discussões do grupo de trabalho sobre Religiões Afro-brasileiras e Diversidade, da XI Reunião Norte-Nordeste de Antropologia e II Reunião Equatorial de Antropologia (ABANNE/REA), realizadas em Natal, em agosto de 2009; e do Simpósio sobre Religiões Afro-americanas e Diversidade, do XIII Congresso Latino Americano sobre Religião e Etnicidade, realizado na Espanha, em 2010.

A revista, publicada duas vezes por ano, contou com recursos da Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (FAPEMA), via edital APUB. “A publicação progrediu e mantém firmemente sua periodicidade e, para a FAPEMA é uma honra contribuir com esse processo”, disse a diretora-presidente da Fundação, Dra. Rosane Guerra, recordando que participou do lançamento da primeira edição da revista, quando esta ainda carregava o nome de Caderno Pós Ciências Sociais.

Além do dossiê, a revista traz uma resenha sobre o artesanato de Alcântara, Resumos de Dissertações e outros três artigos sobre gênero e sexualidade, as relações entre intelectuais e movimentos populares brasileiros nas décadas e 1970 e 1980 e, ainda, uma análise das práticas dos trabalhadores do mercado do Ver-o-Peso, de Belém do Pará.DSC00017_1

“A cada número, a publicação tem melhorado em função de um acúmulo que acontece desde a primeira edição, com conteúdos cada vez mais abrangentes e interessantes. Por isso, podemos afirmar que a Revista Pós Ciências Sociais se constitui como um canal de expressão da produção científica brasileira e internacional, já que dispõe, inclusive, de artigos de autores de outros países também”, afirmou o Prof. Dr. Horácio Antunes Sant’Ana Júnior, editor da publicação ao lado do Prof. Dr. Sérgio Figueiredo Ferretti.

Na ocasião, também foi lançado o “Museu Afro Digital – Maranhão”. O projeto, que é uma realização do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais, do departamento de Desenho e Tecnologia e do Núcleo de Tecnologia da Informação, visa resgatar e divulgar fotos documentos e vídeos da cultura afro no Maranhão.

Lá, os visitantes podem acessar coleções referentes a religiões, cultura popular, quilombos, movimentos negros, além de exposições.

O Museu é um projeto aprovado com recursos da CAPES-PROCULTURA, desenvolvido inicialmente pelo CEAO/UFBA e envolvendo a UFPE e a UFMA. Está filiado à rede da memória virtual da Biblioteca Nacional como depositório digital.

  Categorias: