Última etapa do Projeto de Intervivência Universitária

Última etapa do Projeto de Intervivência Universitária
janeiro 19 12:35 2011

projeto_intervivencia_universitariaNa próxima segunda-feira (24), às 15h, no auditório do Centro de Educação, Ciências Exatas e Naturais (Cecen), a Universidade Estadual do Maranhão (Uema), juntamente com o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (Ifma) – Campus Maracanã, e a Secretaria Estadual de Educação (Seduc) darão as boas-vindas a 34 estudantes da zona rural selecionados para participar da IV e última etapa do Projeto de Intervivência Universitária no Maranhão.

O projeto trará para dentro da Universidade, jovens de 14 a 17 anos, oriundos de escolas agrícolas e quilombolas maranhenses, no intuito de aproximá-los do saber científico, contribuindo assim para sua formação profissional.

Em São Luís, os jovens permanecerão por 16 dias, na Uema e no Ifma participando de diversas atividades relacionadas com os setores de olericultura, apicultura, avicultura, agroindústria e suinocultura. Todas as ações programadas vão acontecer em espaços de aprendizagem e de conhecimentos específicos, como os Laboratórios de Solo, Entomologia e Fitopatologia, desenvolvidas pelos próprios acadêmicos das duas instituições.

O objetivo é possibilitar a interação entre os jovens envolvidos no programa. Os professores estarão apenas orientando, mas a realização ficará por conta dos graduandos. Dessa maneira, estudantes rurais e universitários trocarão experiências e conhecimentos, utilizando uma linguagem própria, resultando numa maior compreensão e aproveitamento.

Iniciado em julho de 2009, o Projeto Intervivência Universitária é apoiado pelo Programa Institucional de Bolsas de Extensão (Pibex) e financiado pelo Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT), por meio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), em razão de ter preenchido os requisitos dispostos no Edital MCT/CNPq/CT-Agronegócio/MDA nº. 23/2008 – Programa Intervivência Universitária -, que visa apoiar projetos de divulgação do conhecimento e apropriação de tecnologia para a inclusão social de jovens residentes na zona rural.

Sob a coordenação geral do Prof. Dr. Luiz Carlos Rêgo Oliveira, do Centro de Ciências Agrárias (CCA), e sob a coordenação executiva da Engenheira Agrônoma Nadiane Aparecida Pereira de Souza, auxiliada pelas acadêmicas Maria de Jesus de Sousa Silva (Agronomia), Daniela Pinto Sales e Lívia Maria Paiva Fiquene (Medicina Veterinária) e pela bióloga Emanoelle Lyra Jardim, o projeto conta também com a participação de cerca de 90 voluntários, entre os quais, alunos e professores da Uema e do Ifma, envolvidos na execução das atividades com os jovens visitantes.

Com a duração de dois anos, o projeto terá beneficiado, ao final desta etapa, 120 estudantes da zona rural e tantos outros jovens acadêmicos da Uema e do Ifma, oportunizando a todos a troca de saberes, sempre no período das férias escolares.

  Categorias: