Universidades estaduais e municipais recebem recurso para incrementar pesquisa

Universidades estaduais e municipais recebem recurso para incrementar pesquisa
novembro 27 13:36 2009

O ministro da Ciência e Tecnologia (MCT), Sergio Rezende, assina hoje (27), na sede uemado Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar), em Curitiba, convênio entre o MCT e a Associação Brasileira de Reitores das Universidades Estaduais e Municipais (Abruem), que prevê a liberação de R$ 30 milhões para apoio a Projetos de Implantação e Consolidação de Infraestrutura de Pesquisa em universidades estaduais e municipais. A liberação do recurso será feita por meio das condições previstas em edital a ser publicado pela Financiadora de Estudos e Projetos (Finep/MCT).

Participam também da solenidade o ministro do Planejamento, Paulo Bernardo; o governador do Paraná, Roberto Requião; o presidente da Finep, Luiz Fernandes; a secretária estadual da Ciência Tecnologia e Ensino Superior do Paraná (Seti), Lygia Pupatto; o secretário executivo do MCT, Luis Elias; o diretor presidente do Tecpar, Aldair Tarcisio Rizzi, e o presidente da Abruem e reitor da Universidade Estadual de Ponta Grossa (Uepg), João Carlos Gomes.

De acordo com Lygia Pupatto, a liberação dos recursos é resultado de um trabalho da Abruem e do Conselho Nacional de Secretários Estaduais para Assuntos de Ciência, Tecnologia e Inovação (Consecti), junto ao MCT.

“Pela primeira vez há liberação de recursos do MCT para universidades estaduais e municipais. Isso é importante para todas elas e, no Paraná, vem se somar à iniciativa do governo estadual de priorizar o estímulo às pesquisas e a disseminação do conhecimento gerado em nossas universidades e instituições de pesquisa”, afirma Lygia, que também é vice-presidência do Consecti.

Laboratório

O ministro Rezende participa ainda do lançamento do livro Ciência, Tecnologia e o Desenvolvimento: elementos para a construção de políticas de integração das instituições de ensino superior com a sociedade e da inauguração do Laboratório de Ensaios Tecnológicos em Madeira e Móveis, do Tecpar.

O evento marca a consolidação dos trabalhos desse departamento, que está atrelado ao Laboratório de Química Industrial da instituição e que é considerado o único do Paraná a realizar análises químicas em produtos de madeira.

O projeto atende à demanda da indústria nacional, favorecendo principalmente os empresários do setor madeireiro paranaense, já que o estado tem um grande número de empresas nessa área.

  Categorias: