Vida de Quilombo é um dos projetos premiados pelo Prêmio FAPEMA 2012

Vida de Quilombo é um dos projetos premiados pelo Prêmio FAPEMA 2012
novembro 09 12:36 2012

DESENVOLVIMENTO-HUMANO-2_A cerimônia de premiação acontece no dia 23 de novembro, no Hotel Luzeiros, e vai contemplar outros 22 trabalhos.

 

Plantações, calendário lunar, ervas medicinais, rituais religiosos, imaginário infantil e a luta pela terra. Foi para conhecer e registrar o cotidiano de duas comunidades quilombolas da cidade de Bacabal, no Maranhão, que a pesquisadora Gabriela Barros Rodrigues conviveu diretamente com essas populações durante dois anos. Do resultado dessa pesquisa, nasceu o projeto Vida de Quilombo, que contemplou a produção de um Livro Fotográfico de Bolso com 32 fotos, 17 fragmentos de audiovisual em DVD, totalizando 70 minutos e, ainda, uma exposição fotográfica com 15 quadros.

Este foi um dos 23 projetos premiados na edição deste ano do Prêmio FAPEMA, cuja cerimônia será realizada no dia 23 de novembro, no Hotel Luzeiros. O Prêmio é uma forma de fazer com que a produção científica não fique restrita apenas ao meio acadêmico e chegue ao conhecimento da população” destacou o presidente da FAPEMA, Antônio Luiz Amaral Pereira.

Neste ano o tema do prêmio é “Ciência, Tecnologia e Cultura para o desenvolvimento sustentável do Maranhão”. A escolha das propostas vencedoras foi realizada por uma comissão formada por oito avaliadores vindos de Universidades do Norte, Nordeste e Sudeste do Brasil.

Pesquisa – Gabriela Barros Rodrigues, durante o convívio com os quilombos de São Sebastião dos Pretos e Catucá, que têm em média 55 famílias, reuniu 2.000 fotos e 30 horas de audiovisual. “Com esta realização, tivemos a oportunidade de dar um retorno da pesquisa às famílias, que receberam um exemplar da publicação. Além disso, a exposição também foi realizada na comunidade”, explicou.

As imagens são, além de bonitas, muito expressivas e retratam com perfeição o cotidiano dessas famílias e a realidade em que vivem as comunidades quilombolas no estado. Duas das fotografias, inclusive, são utilizadas na identidade visual do Prêmio FAPEMA 2012.

A pesquisa “A Conservação da Biodiversidade e da Paisagem em Território Quilombola de Bacabal, MA, Brasil” teve a orientação do Prof. Dr. Ozelito Possidônio Amarante Junior, do Instituto Federal do Maranhão (IFMA) e co-orientação da Profª. Drª. Natilene Brito. O projeto Vida de Quilombo, vencedor do Prêmio FAPEMA 2012, na categoria Desenvolvimento Humano, teve a participação dos fotógrafos convidados Breno Farhat, Gustavo Baxter e Camila Xavier. O trabalho contou, ainda, com o apoio de Lorena Gaioso e Ana Regina Arcanjo na pesquisa deste a coleta de dados em campo até a compilação dos mesmos na construção final da dissertação.

Todo o projeto foi organizado pela jornalista cultural, Catia de Oliveira, que produziu o livro, o DVD e a exposição fotográfica, assinou, ao lado de Gabriela Rodrigues, o roteiro final e a direção de arte da obra. Também colaboraram com o projeto o editor Alberto Graciano, Beth Leite, o Museu da Memória Audiovisual do Maranhão (MAVAM) e a Fast Frame Molduras na Hora.

O trabalho de pesquisa teve o patrocínio oficial da Secretaria de Estado da Cultura e da Func. O patrocínio se deu por meio da captação de recursos de dois editais que possibilitou a construção do livro Fotográrido de Bolso, DVD e Exposição Fotográfia- Vida de Quilombo, da qual faz parte a foto Os Antigos, de Gabriela Rodrigues, autora da dissertação de mestrado. A foto Os Antigos é a que ilustra esta matéria.

  Categorias: